• Reinaldo Cirilo

População mundial é ultrapassada pela quantidade de chips de celular – Mobile.


Olá galera,

Essa semana foi divulgado um acontecimento bem marcante, mas a mídia pouco comentou sobre. O número de usuários de telefone celular chegou a cinco bilhões de usuários no mundo no ano de 2017, segundo dados do relatório da GSMA, associação que reúne a indústria e organiza a maior feira mundial do setor – Mobile World Congress (MWC) – ocorrendo essa semana em Barcelona. Dos 5 bilhões de usuários de celular, 3,3 bilhões acessam a internet pelo o aparelho. A previsão para 2025 é que 5 bilhões de pessoas acessem pelo celular.

Somente o dado acima já é muito impactante, mas outro número apontado no relatório chama mais a atenção: o total de chips de celular bateu a quantidade de 7.8 bilhões, pouco maior que a população mundial, que hoje é de 7.6 bilhões de pessoas.

E sabe o que isso significa? Oportunidade para sua empresa e seu negócio.

Ainda precisamos compreender de forma mais abrangente a velocidade e amplitude dessa nova revolução. Imagine as possibilidades ilimitadas de bilhões de pessoas conectadas por dispositivos móveis, dando origem a um poder de processamento, recursos de armazenamento e acesso ao conhecimento sem precedentes. Ou imagine a assombrosa profusão de novidades tecnológicas que abrangem numerosas áreas: inteligência artificial (IA), robótica, a internet das coisas (IOT, na sigla em inglês), veículos autônomos, impressão em 3D, nanotecnologia, biotecnologia, ciência dos materiais, armazenamento de energia e computação quântica, para citar apenas algumas. Muitas dessas inovações estão apenas no início, mas já estão chegando a um ponto de inflexão de seu desenvolvimento, pois elas constroem e amplificam umas às outras, fundindo as tecnologias dos mundos físico, digital e biológico. (SCHWAB, 2016, pag. 11)

Hoje já temos diversos aplicativos que ajudam a gerenciar seu negócio. Seja para enviar e-mail marketing aos clientes, para atendimento, para enviar solicitação de pagamento, gerenciamento de redes sociais, o Whatsapp para negócios para fazer ações de publicidade/montar grupos de transmissão/atendimento e muito mais.

Nenhum equipamento substituirá o celular como meio de conexão com a internet a médio prazo. As pessoas são móveis hoje em dia, querem se conectar de qualquer lugar, acabaram as amarras de dispositivos fixos, o próprio notebook perdeu espaço e o netbook morreu (assim como os tablets que caminham para o mesmo fim).

O site do seu negócio tem que ser adaptado para as pessoas que acessam por smartphone. Não dá para viver mais fingindo que as pessoas não se importam em acessar um site todo desregulado para o celular. É o novo cartão de visita.

Tão profundamente revolucionária é esta nova civilização, que desafia todas as nossas velhas pressuposições. Velhos modos de pensar, fórmulas antigas, dogmas antigos e antigas ideologias, por mais acalentadas e por mais úteis que tenham sido no passado, não mais se adaptam aos fatos (TOFFLER, 1992)

No mundo digital, a primeira impressão é a que fica. Navegabilidade, rapidez ao clicar nos menus, design, tudo conta... é a corrida contra o relógio (o tempo é o rei).

Para as empresas e empresários que não estão vivendo a era digital como deveriam, as mudanças não são bem-vindas, mas já ocorreram e seu negócio tende a naufragar:

Nem todas as mudanças serão bem-vindas. Setores consolidados cairão por terra a partir da perda de eficácia de seus obsoletos modelos de negócio. Categorias profissionais inteiras vão desaparecer, bem como o ganha-pão de algumas pessoas. Novas ocupações nascerão, devendo prosperar de maneira desigual, o que semeará inveja e desigualdade. (KELLY, 2017, pag. 07)

Invista seu tempo e de seus colaboradores em uma estratégia mobile digital, use o smartphone como seu aliado, estude QR Code, as funcionalidades do aplicativo, novos meios de atendimento, fale de maneira direcionada com seu consumidor, procure ajuda de profissionais especializados e encontre o melhor caminho para o seu negócio. Mas não ignore o poder dos celulares conectados, não existe nada tão poderoso nas mãos do homem contemporâneo como esse gadget.

Referências:

KELLY, Kevin. Inevitável – As 12 forças tecnológicas que mudarão nosso mundo. Ed. HSM: São Paulo, 2017.

SCHWAB, Klaus. A quarta revolução industrial. São Paulo: Ed. Edipro, 2016.

TOFFLER, Alvin. A Terceira Onda. Rio de Janeiro: Ed. Record, 1992.

https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2018/02/numero-de-usuarios-unicos-de-celular-chega-cinco-bilhoes-no-mundo.html

#mobile #celular #conexão

20 visualizações

Apoio

    Gostou da leitura? Doe agora e me ajude a proporcionar notícias e análises aos meus leitores